Diário da minha experiência como Au Pair em Fulham, Londres, Reino Unido
.posts recentes

. The end

. Back Home

. My last day as an au pair...

. Last week!

. Roterdão - 10 meses

. Regresso marcado!

. Being in Holland...

. Going to the beach in the...

. 9 months!

. last week in london

.arquivos

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

Segunda-feira, 22 de Setembro de 2008
The end

Já passou quase um mês desde que regressei a Portugal mas parece que já passou muito mais. A sensação que tenho é que o tempo que passei fora já foi há muito tempo atrás. Acho que é porque enquanto lá vivia para o dia, o momento presente era o mais importante, aqui vivo a pensar no amanhã, no que vou fazer no futuro. E também porque lá eu sentia-me diferente, tudo tinha um sabor especial, era um constante turbilhão de emoções à flor da pele. Aqui parece que voltei ao que era antes com algumas mudanças. Sinto tudo de maneira diferente.

 

Tenho trocado emails com a família. Tenho cada vez mais saudades dos miúdos e das brincadeiras deles, das coisas espertas que diziam às vezes... Deixa-me um pouco triste porque estamos tão distantes mesmo continuando a falar... Well life goes on..

 

Aproveitei este tempo como férias. Mas agora está na altura de começar a mexer-me. Até já sinto falta de ter algo para fazer, de ter responsabilidades. Vou começar a procurar um emprego, a tirar a carta de condução e voltar a treinar karaté. E, entrentato, vou estudando para os exames de acesso ao ensino superior do próximo ano, apesar de que, com a minha média, não ter quase nenhuma esperança de conseguir entrar naquilo que quero que é Medicina, pelo menos em Portugal. Depois deste ano fora, tenho uma perspectiva diferente da vida e, por isso, estou disposta a fazer o que puder para seguir aquilo que realmente quero, até mesmo estudar no estrangeiro. Os meus pais é que não estão nada a contar com isso mas pronto, isso será uma batalha que terei de enfretar proximamente pois as candidaturas ao estrangeiro estão perto...

 

Estou super contente por ter partido para estar aventura e ter relatado sobre ela pois assim posso sempre ler os posts e relembrar tudo como se estivesse lá. Esta experiência tornou-me uma pessoa mais aberta, mais madura, mais confiante, mais consciente.

 

Quero agradecer a todos os que me apoiaram nesta aventura, à minha família e às minhas amigas, bem como, às pessoas que tornaram esta experiência fantástica, à Kirsten, ao Jeroen, ao Alex, ao Barend e à Claude. E também queria agradecer a todos os visitantes do blog e principalmente, áqueles que deixaram comentários que sentiam-se como incentivos à continuação do blog. A todos um grande obrigado.

 

I want to thank everyone that supported me during my time as an au pair, my family and my friends, as well as, everyone that made that time wonderful, Kirsten, Jeroen, Alex, Barend and Claude. I also want to thank all the blog visitors and specially the ones that wrote something which motivated me to keep telling about my adventure. Thank you very much everyone!

 

E o blog fica por aqui. A minha experiência como au pair acabou logo o blog sobre essa experiência também tem de acabar. Talvez mais tarde crie outro blog para escrever sobre a minha experiência como estudante de Medicina noutro país who knows :)

publicado por Andreia às 14:06
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Setembro de 2008
Back Home

Quarta-feira foi um dia longo e cansativo. De manhã, ao pequeno-almoço a Kirsten começou logo a chorar. Deu-me uma moldura com a foto do Alex e do Barend a fazerem caretas e um postal. Eu não estava à espera daquilo... Abraçámo-nos... O Jeroen ligou de Londres para se despedir outra vez. Depois eu fui arrumar o resto das coisas que faltavam na mala e às 11h saímos de casa. Fui o caminho todo com aquele friozinho na barriga... Quando chegámos, foi a parte mais difícil porque tivemos mesmo de dizer adeus. Primeiro despedi-me dos miúdos... Eles não perceberam o que se estava realmente a passar. Só perguntavam porque é que nós estávamos a chorar. Depois despedi-me da Kirsten... Acho que não podia ter tido mais sorte com esta família. Eles são simplesmente demais.

 

A seguir lá fui fazer o check-in e a mala desta vez pesava 25kg lol Tive sorte porque deixaram passar. Aproveitei para comprar lembranças da Holanda. A viagem correu bem. O avião sobrevoou o centro de Londres de forma que consegui ver o Thames, a London Eye, o Buckingham Palace, o Hyde Park, etc e também passou por Fulham. Deu-me umas saudades... Apeteceu-me chorar... No aeroporto de Heathrow tive de mudar do terminal 5 para o terminal 1 e não é que o autocarro que nos transportou tinha mais portugueses do que outra coisa. Iam todos apanhar o mesmo voo que eu. Estive um bocado em rejeição pois não queria ouvir português ali, só quando estivesse em Portugal. Mas foi engraçado. Ainda tive de esperar mais duas horas até apanhar o avião para Lisboa. A viagem para Lisboa parecia que nunca mais acabava. A ansiedade era tanta... Só me perguntava como é que ia ser ver todos outra vez. E fiquei um bocado desiludida quando o piloto anunciou que o tempo em Lisboa estava chuvoso...

 

Quando cheguei, tinha à minha espera os meus pais, o meu irmão, a minha madrinha e o meu primo André e a minha avó. A minha mãe começou a chorar e acha que estou mais magra lol Preocupação de mãe porque eu estou igual. Achei que estavam todos bué morenos e eu branquinha... O meu irmão e o meu primo é que estão muito diferentes, mais crescidos e com mais caparro lol Estão naquela idade em que mudam muito e rapidamente. Gostei muito da recepção :)

 

 

Estar de volta é muito muito estranho... Eu sinto-me como se estivesse a viver um sonho e que a qualquer momento vou acordar e vou estar lá outra vez. Não parece real que estou em casa, em Portugal, e que já não há mais a preocupação dos miúdos. Ter vivido tantos meses de uma forma e de repente mudar para a forma de vida que costumávamos de ter antes é uma grande mudança. Parece que já não sei o que é sentir-me em casa, estar na minha própria casa. Tenho tentado controlar-me porque por vezes dá-me vontade de arrumar e organizar tudo, tal como fazia lá. Acho que os meus pais e o meu irmão já não me podem ouvir lol E eu lá estava constantemente a ouvir línguas diferentes à minha volta e a tentar perceber que língua era e o que estavam a dizer mas aqui todos falam português e eu percebo tudo o que estão a dizer! Parece rídiculo mas acreditem que é estranho. Dou por mim com vontade de sair de casa e andar e falar de tudo o que se passou, contar coisas dos miúdos e do que visitei... Não me apetece estar parada. Mesmo que não fizesse nada de especial lá, os meus dias tinham um sabor diferente, eu sentia-me diferente, o ritmo era outro. E de vez em quando, o hábito já é tanto, que sai-me coisas em inglês. Então o thank you e o what? e dizer yes ou no, é constantemente lol Acho que vai levar algum tempo até adaptar-me a estar outra vez em casa e a estar com toda a gente outra vez e a falar sempre em português.

publicado por Andreia às 10:41
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Terça-feira, 2 de Setembro de 2008
My last day as an au pair...tomorrow Portugal!

Não acredito que hoje é o meu último dia aqui com esta família, o meu último dia na Holanda, o meu último dia como au pair. Não parece real que amanhã já vou deixar isto e voltar para casa. O tempo realmente passa a correr... Hoje de manhã a Kirsten disse que me levava ao aeroporto mais os miúdos e perguntou-me a que horas é que eu tinha de lá estar para vermos a que horas temos de sair de casa. E vira-se o Alex: "You say you're going to stay in Portugal but you're joking." Apeteceu-me chorar... Nem sei como hei-de estar... Estou ansiosa que chegue amanhã mas ao mesmo tempo quero que o tempo passe devagar para poder aproveitar todos os últimos momentos ao máximo. Esta noite nem vou conseguir dormir como deve ser.

 

Não sei descrever o que este ano significou para mim. Foi simplesmente demais. E agora que vou voltar para casa, estou com receio que tudo aquilo que vivi, tudo aquilo que aprendi e ganhei com esta experiência, pareça apenas um sonho. Tenho receio que não consiga integrar tudo e ser a mesma que sou aqui lá. Logo verei como será a readaptação.

 

Não sei como expressar o quão grata estou pela forma como esta família me recebeu e me tratou como se fizesse mesmo parte da família. By the way, a Kirsten e os miúdos vão voltar para Londres e ficam por lá pelo menos mais um ano. Depois logo vêem o que fazem à vida deles, se voltam ficam por lá mais tempo, se voltam para a Holanda ou se vão viver para outro país.

publicado por Andreia às 15:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 26 de Agosto de 2008
Last week!

Estou a apenas uma semana e um dia de voltar para casa. Passou a correr. É uma reviravolta de sentimentos. Claro que estou contente por voltar para casa e estar com toda a gente outra vez e ter, finalmente, umas férias. Sinto mesmo que está na altura de voltar. Mas, ao mesmo tempo, não quero despedir-me dos miúdos nem da família, não quero que esta experiência acabe, não quero abdicar disto. É confuso. Quero tudo e ao mesmo tempo não quero.

 

No Sábado passado fui andar de fietsen outra vez. Desta vez fui para cima. Pedalei até Katwijk e andei por umas vilas à volta. Desta vez vi muitos campos com flores e os canais pelo meio. É relaxante. Mas quando cheguei a casa já não podia com as pernas.

 

No Domingo fui a Amesterdão pela última vez. Fui visitar o Houseboat Museum para ver como as pessoas vivem em barcos por lá. Claro que não há muito espaço. As camas é que é o pior, são, literalmente, caixas. Mas haviam imagens que mostravam outras casas-barco que nem dá para acreditar, tinham um interior muito moderno e mais espaçoso. A seguir, fui visitar o Anne Frank Museum. É estranho andar pelas divisões da casa onde a família dela esteve escondida dos nazis. O museu em si está muito apelativo porque tem frases retiradas do diário pelas paredes, videos, fotos e documentos. Jantei num restaurante onde comi uma hawaiian pannekoeken (panquecas holandesas). Soube muito bem. Na vinda para a estação dos comboios, passei pelas ruas do Red Light District. Como já estava a escurer, já havia muito movimento. Certas ruas só se sente o cheirinho a erva que vem dos coffeeshops. E outras em que lá estavam as mulheres nas montras a tentar atraír atenções e clubes de sexo ao vivo e sex shops. Aquilo é de outro mundo. É mas é para ir com um grupo de amigos :P

 

Ontem já me despedi do Jeroen porque ele já não volta à Holanda até eu ir embora. Ele foi espectacular: We loved to have you with us. Thank you for everything you did for the boys and for the family. Send my compliments to your parents and have a good flight back home. I wish you the best for you future. Keep in touch and remember, you can always come back :')

A pior parte ainda está por vir. Quando tiver que dizer adeus a Alex e ao Barend e à Kirten...

 

E agora, estes dias são os últimos. Cada coisa que faço só me vem à cabeça que não se vai voltar a repetir. Todos os momentos agora são únicos. Tenho de aproveitar muito bem.

publicado por Andreia às 14:27
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 21 de Agosto de 2008
Roterdão - 10 meses

No Sábado passado andei à holandesa, de fietsen (bicicleta). Ao princípio foi estranho porque a bicicleta é mais alta do que estou habituada, ou seja, não chego com os pés ao chão quando estou sentada, e para se travar tem de se andar com os pedais para trás, não é no volante mas lá dei com aquilo. Fui até ao porto de Hoek van Holland que fica a 25 miles daqui. O percurso era pelas dunas junto às praias então a paisagem era de campos verdes, moinhos, cavalos, vacas, coelhos e alguns parques de campismo. E o melhor é que toda a gente respeita quem está de bicicleta! Foi espectacular.

No Domingo fui visitar Roterdão e, coincidência, no comboio fui sentada em frente a um casal português :) Nesse dia estava a haver uma corrida de carros lá então havia muita gente, algumas estradas estavam cortadas e ouvia-se bem o ruído dos motores dos carros. Fiz um percurso a pé pelos sítios mais importantes da parte nova da cidade e andei no Spido que faz uma tour pelo Nieuwe Maas, mostrando o porto e falando dos edifícios que se vão vendo ao longo das margens. O porto de Roterdão é o maior da Europa. Achei que Roterdão é uma cidade muito moderna comparada com Amesterdão e Haia em termos de arquitectura. Tem muitos edifícios altos e cada um tem um desenho original. Vê-se mais estrangeiros do que em Haia.
 

 

Centrale Bibliotheek

 

Kore Lijnbaan

Uma das shopping streets mais importantes de Roterdão

 

 

Cube Houses

 

Cube Houses

 

Erasmus Bridge

 

Spido

 

SS Rotterdam

 

Hotel New York no meio e à direita o skyscraper Montevideo

 

Nieuwe Maas

 

Euromast (185m de altura)

 

Vista da Euromast sobre a cidade

 

Vista da Euromast sobre a old town

 

 

Vista da Euromast sobre o porto

 

No Domingo fez 10 meses que cá estou. E de hoje a 14 dias estou de volta a Portugal! Por um lado estou desejosa de voltar para casa, sinto que já chega disto, mas por outro não quero despedir-me da família, principalmente dos miúdos, e tenho receio de como será readaptar-me. Não quero que seja como se este ano não tivesse acontecido. Não sei... Agora tento aproveitar o mais que posso com os miúdos.

publicado por Andreia às 14:51
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 6 de Agosto de 2008
Regresso marcado!

Hoje marquei a minha viagem de regresso a Portugal!

 

Dia 3 de Setembro pelas 14h50 saio de Amesterdão em direcção a Londres onde depois terei de esperar 3 horas até partir para Lisboa. Estarei em terras portuguesas pelas 21h15.

 

Na vinda de Inglaterra para a Holanda, vim com peso a mais na mala mas tive sorte porque deixaram passar. Agora quando tiver de ir para Portugal, espero que deixem passar outra vez lol Lembranças da Holanda é que só mesmo quando já estiver no aeroporto com check-in feito, que assim posso levar comigo no avião.

 

Estou entusiasmada para voltar a ver toda a gente outra vez :)

publicado por Andreia às 22:19
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 5 de Agosto de 2008
Being in Holland...

No passado fim-de-semana finalmente tive de folga! Tinha estado sempre com os miúdos desde que nos tinhamos mudado para a Holanda, ou seja, praticamente duas semanas. Já estava mesmo a precisar.

 

O tempo esteve de chuva e vento, não muito agradável... No Sábado fui visitar o Fotomuseum e depois fui passear à praia. No Domingo fui ao cinema ver o Mamma Mia! lol Tem muitas cantigas mas está giro. É daqueles filmes que faz uma pessoa sorrir.

 

A Kirsten e o Jeroen convidaram-me para eu ficar com eles mais tempo. Até disseram que eu podia ir passar umas férias a casa e depois voltar. Fiquei bue contente. Mas disse que agora queria mesmo voltar e estar em casa por uns tempos e depois logo se vê. Eu pretendo trabalhar este ano e tirar a carta de condução e estudar para os exames de acesso ao ensino superior do próximo ano para entrar na universidade. Tenho adorado a experiência mas está na altura de seguir para outra. Mas pronto, caiu muito bem o convite né :)

 

Hoje fui com a Kirsten mais os miúdos a uma quinta que não fica muito longe de Den Haag. Tinha ovelhas, cabras, porcos, galinhas, veados e coelhos. Os miúdos deram leite às cabras bébés e ração às maiores. Tão queridos. No final, queriam levá-las para casa connosco. Andaram todos contentes a rebolar na palha. Lá perto, havia um canal, então nós alúgamos um barco para dar uma volta. Só que nem eu nem a Kirsten estávamos a dar com aquilo para conduzir o barco sem andarmos constantemente de uma margem à outra. O que nos rimos lol Mas lá nos desenrascámos.

 

Tenho saudades de Londres. Sinto que aqui é tudo muito parado. Tenho saudades da correria e da diversidade de multidões e do ter sempre algo que gostava de visitar... Bem se já me sinto assim aqui, então quando voltar para casa... Ou então não... Logo se vê.

publicado por Andreia às 22:35
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 27 de Julho de 2008
Going to the beach in the Netherlands...

Já faz quase uma semana que estou na Holanda. Tenho estado quase o tempo todo com a Kirsten e os miúdos. Eles agora voltaram às competições para ver quem é o primeiro em tudo... E, para juntar, agora o Barend aprendeu as manhas de irmão mais velho, então anda sempre a tentar manipular o irmão e a picá-lo. E depois é as queixinhas. Estão numas fases complicadas. O tempo, no dia em que chegámos, estava um bocado frio mas agora a temperatura tem estado perto dos 30 graus. Então aproveitámos para ir à praia. Fiquei chocada quando lá cheguei. Os Holandeses não se preocupam nada com queimaduras solares. Ora, nós estivemos na praia durante as horas de maior calor... E quase toda a gente estava deitada virada para o sol sem chapéu de sol, sem roupa, sem nada a proteger... Até as crianças andavam sem t-shirts e sem chapéus na cabeça nas horas de maior calor! Poucas vi a porem protector solar. Vi com cada pele vermelha... E continuavam ao sol. Fez-me uma impressão... Ah e as pessoas ficam perto das esplanadas dos bares que há na praia. Isto é uma coisa típica holandesa estar sempre a beber alguma coisa. Quando se vai a casa de alguém, a primeira pergunta que te fazem é o que é que queres beber e depois oferecem-te tostas com diferentes variedades de queijos. Na praia, pouco gente vai ao banho. A Kirsten diz que a água é muito fria. Eu não aguentava estar ao sol com o calor que estava. Além disso, para mim ir à praia sem ir ao banho, é quase o mesmo que  não ir à praia. Logo, passei a maior parte do tempo na água com os miúdos =) E pronto, ainda não tive muito tempo para poder sair mas quero ver se consigo ir a Roterdão e a outros sítios antes de me ir embora. Ah hoje o Barend andou muito querido comigo. Disse-me várias vezes I love you e depois abraçava-me. Ele tem destas coisas às vezes :)

publicado por Andreia às 21:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Julho de 2008
9 months!

Pois é, já lá vão 9 meses... Por um lado nem acredito. Passou a correr. Estou um bocado nostálgica a relembrar muita coisa. Tenho saudades tanta coisa... Tenho saudades de estar na em casa e falar com os meus pais. Tenho saudades daqueles momentos com o meu irmão em que nos fartamos de rir. Tenho saudades das almoçaradas com a famelga toda em que só se diz babuseiras. Oh a comida...que saudades da comida portuguesa... Já não posso com pão a quase todas as refeições! Tenho saudades de dar festinhas ao meu gatinho e depois ouvi-lo a ronronar. Tenho saudades da praia e do sol. Tenho saudades daqueles dias em que não se faz mais nada a não ser ir da cama para o sofá e ficar a ver as séries todas da fox e do axn. Custa ouvir as minhas primas de 5 e 6 anos dizerem sempre que falamos na net ou ao telefone, que têm muitas saudades minhas e que gostam muito de mim. Custa perguntar ao meu irmão o que é que ele gostava de ter como prenda de anos e ter como resposta que eu voltasse. Enfim, não se pode ter tudo. A vida é mesmo assim. E o importante é que eu decidi vir para aqui por minha conta e cá tenho estado e não estou nada arrependida. Quando me lembro do dia em que cheguei à casa da primeira hostfamily e penso em tudo o que se passou até agora uau... O que tenho ganho com esta experiência e o quanto tenho crescido durante este tempo aqui, supera tudo. A satisfação com que fico quando vejo os miúdos com um sorriso estampado na cara deles ou quando dizem que sou a irmã mais velha deles ou quando vejo que a Kirsten e o Jeroen confiam em mim...é demais. Gosto de como tenho vindo a mudar. O problema depois vai ser readaptar-me a tudo e a todos mas isso ainda falta.

publicado por Andreia às 21:44
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 15 de Julho de 2008
last week in london

Estou a uma semana de ir para Holanda e deixar Londres de vez. Não me importo nada de passar o resto do tempo na Holanda, nada mesmo, pois gosto muito da Holanda e isto é uma oportunidade de conhecer mais sobre o país mas não queria deixar Londres. Adoro esta cidade e além disso foi aqui que a minha experiência como au apair aconteceu, onde vivi muita coisa. Tem um significado especial, não sei explicar... Vou sentir muitas saudades de várias coisas: de andar pelas ruas e ouvir as pessoas à minha volta a falar línguas diferentes, de ouvir aquele sotaque britânico às vezes, de ver tantas pessoas diferentes, de haver tantos sítios para visitar e coisas para ver, de beber um hazelnut hot chocolate e comer um muffin do starbucks, dos markets, das ruas a abarrotar de gente de todos os pontos do mundo, de sentar-me no lugar da frente do segundo andar dos autocarros, desta casa que foi a minha casa durante uns meses, e das outras todas de estilo victoriano, etc etc... Bem, vai ser outra etapa de mês e meio.

publicado por Andreia às 21:41
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
.tags

. todas as tags

.links
.Por lá estão...
Click for Lisboa, Portugal Forecast
.Em Den Haag estão...
Click for Valkenburg, Netherlands Forecast
.Em Londres estão...
Click for Londres, United Kingdom Forecast
.London Bloggers
.Estão...
online
.Visitantes de...
Locations of visitors to this page
blogs SAPO
.subscrever feeds